terça-feira, 28 de agosto de 2012

Mais uma vitória de virada. Leão perto do G-4.

Foto: Frederico Tadeu
(Foto: Frederico Abreu)

O Avaí no primeiro tempo "inexistiu", ficou perdido em campo e totalmente recuado, talvez pelas péssimas atuações de Bruno e Felipe Alves, e de certa forma do time todo. O Boa fez o gol num vacilo de marcação e só não ampliou por incompetência. Resultado?  1 a 0 no placar e uma sonora vaia.

Hemerson Maria tratou logo de sacar Bruno e Felipe Alves e colocar os estreantes Ricardo Jesus e Camilo para jogar no segundo tempo. As alterações surtiram efeito e o Avaí tratou de empatar o jogo numa falta cobrada pelo Camilo e aproveitada pelo Renatos Santos, 1 a 1. O Avaí atacava muito pela direita, com o jogador Nenê Bonilha, que está surpreendendo, mas falta-lhe a tranquilidade de definir um lance depois de uma jogada bem trabalhada. Fez uma boa partida tanto que foi aplaudido pela torcida. Pirão entrou no seu lugar e deu mais dinâmica ao time do Avaí, principalmente na saída de bola. O Boa se defendia e tentava no contra ataque voltar a ficar na frente do placar, mas aos 38 minutos, o goleiro do Boa falha e Diogo Acosta aproveita para virar a partida, 2 a 1. Depois foi segurar o resultado e comemorar mais uma vitória de virada na Ressacada. Tá certo que vencemos e contabilizamos 3 pontos, mas vamos parar de tomar gol bobo no início do jogo, tá?

Uma vitória avaiana diante do São Caetano, e com uma combinação de resultados, o Avaí pode entrar no G4. Vamos aguardar o fim da rodada.

Bem que o Avaí poderia contratar o jogador Radamés para ano que vem, já pensou a Viviane desfilando na Ressacada com a camisa do leão?



quinta-feira, 23 de agosto de 2012

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

É preciso ter sorte.



Venceu o time que teve mais sorte, pois a partida foi equilibrada até os 27 minutos do 2o tempo, onde o Avaí tomou o primeiro gol, num bate e rebate, numa sorte danada do artilheiro do adversário, e com a jogada sendo construída por um ex-Avaí, o Válber.. E quando, já desesperado pelo empate, a bola sobrou novamente nos pés do sortudo (dizer que foi competência é demais), competente mesmo foi o Válber novamente e o Avaí tomou o segundo gol.
Independente de vitória ou derrota, é certo de que o Avaí NÃO POSSUI ELENCO PARA SUBIR, ou seja, PRECISA CONTRATAR JOGADORES PARA QUALIFICAR O ELENCO. Não podemos olhar  um jogo onde temos D.O. errando passes bisonhos, Arlan acertando 1 em 2500 cruzamentos e a simples presença em campo do R. Capixaba. Sem contar no Thiesen e Diogo Acosta apagados.
Futebol é coisa séria e deve ser tocado por gente séria.
Nós, como simples torcedores sabemos que o Avaí, por sua grandiosidade, tem plenas condições de subir, mas é preciso que os gatos de padaria acordem ou sejam enxotados do recinto.
Hemerson Maria, peça, aliás exija, contratação já de bons jogadores, pois nem sempre conseguirás tirar leite de pedra.

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Quanto vale a palavra de um homem?



Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Opinião do blog.
Na verdade o jogador e o América estavam flertando. Marquinhos, vendo que o flerte com o América não ia dar em nada, aceitou "verbalmente" a proposta do Avaí. Entretanto, de acordo com o jogador, recebeu uma ligação do América, que o apresentou uma proposta, e prontamente aceitou, desonrando a palavra outrora dada ao Avaí. Na entrevista Marquinhos se contradiz 2 vezes:
"... eu recusei a proposta de outro clube...", ele não recusou, ele aceitou e depois "deu pra trás", é diferente. " Estava aguardando até o último momento a ligação do América...", ou seja, estava fazendo de conta que aceitava a proposta do Avaí para que o América se mexesse e procurasse o jogador. Ele queria mesmo era ir para o BH, mas usou o nosso arroz para que as coisas dessem certo ao seu favor. Foi esperto. Talvez arroz tenha aprendido o verdadeiro valor de uma palavra dada. Afinal, sofreu do mesmo mal que Carlito Arini sofreu 2 dias depois da conquista do catarinense.


domingo, 19 de agosto de 2012

Marquinhos, o coveiro.

Marquinhos, "arrombassi"!!!!
Pá de cal neles!!!
Quem será o próximo coveiro, no coxa há vários candidatos.
E o Estreito continua iluminado....


sábado, 18 de agosto de 2012

Nota oficial e mais uma do arroz.






















NOTA OFICIAL


18 agosto 2012

O Avaí Futebol Clube vem a público lamentar a falta de comprometimento do atleta Marquinhos Paraná. O meia, que viria do Nordeste Brasileiro, chegaria a Florianópolis neste sábado, dia 18, para exames médicos, porém, descumpriu com a palavra. O clube havia emitido passagem aérea e reservou hotel para o jogador que alegou motivos particulares para não acertar com o Avaí Futebol Clube.
Vale lembrar que em 2005 o atleta Marquinhos Paraná havia acertado com um clube de futebol de Santa Catarina, porém, se apresentou em outro time no mesmo Estado.
Por fim, o clube repudia a atitude do jogador e continua em busca de reforços para a continuidade do Campeonato Brasileiro 2012.

Opinião do blog:
1 - O futebol não é sério, arroz disse que o jogador disse que viria, mas mudou de idéia e cancelou tudo. Em boca fechada não entra mosca...
2 - Anunciar jogador sem assinatura de contrato é coisa de estagiário de gerente de futebol. Merece uma demissão por justa causa faz tempo....
Para refletir:
Você vai a um consultório de um dentista muito experiente (você escolheu-o pela sua experiência) que iniciará um tratamento de canal. Você se posiciona na cadeira e para a sua surpresa o profissional o informa que um estudante que prestará vestibular para odontologia realizará os procedimentos. Você deixaria realizar o procedimento?

Avaí vence e a confiança do torcedor retorna.



Foto : Jamira Furlani - site www.avai.com.br

Vencemos com gols de Laércio e Pirão. Fazia tempo que o avaiano não olhava para um resultado adverso durante a partida e pensava "Viraremos este jogo!", e isto está acontecendo pelo simples fato de que a confiança voltou. Sabemos que é preciso reforçar, o returno será muito mais difícil do que foi o turno, principalmente pelas contratações feitas pelos postulantes a série A de 2013. O elenco avaiano está no seu limite, basta analisar 2 situações distintas, uma delas é quando tivermos desfalque na zaga, quem entrará para que o nível seja mantido? Outra situação é um possível desfalque do Cléber Santana, quem o substituirá?

Foi um primeiro tempo ruim, e o que o salvou foi o gol do Laércio no fim.
No segundo tempo foi um ataque contra defesa, numa sucessão de finalizações erradas, ou pelo menos a tentativa delas. Pirão entrou no lugar do apagado Julinho, e neste momento o Serjão, confiante, falou: - "Anota aí, o Pirão vai fazer o gol da vitória!".
Serjão "dásumbanho ô" !!!

A surpresa positiva fica por conta de Nenê Bonilha, que vem crescendo e cada vez mais se afasta daquele "baunilha" da estréia É certo que falta muito para suprir a carência de qualidade no meio de campo, mas é inegável o crescimento do seu futebol no Avaí. Excelente jogador para contra-ataque, pois tem bom passe em profundidade e visão de jogo, assim como dá sequência rápida a jogada. Esta característica deve ser explorada principalmente nos jogos fora de casa.
Tivemos a impressão errônea de que Cléber Santana não repetiu o seu bom futebol nas 2 últimas partidas, mas, penso eu, que o crescimento no meio de campo dos jogadores Rodrigo Thiesen e Bonilha esteja tirando o foco (taticamente falando) do nosso craque, assim como aliviando a carga pesada que ele carregou durante quase todo o turno. Quando Mika entrar, e também gostaria de ver Camilo jogando, talvez tenhamos um meio de campo mais consistente.
Leandro Silva falhou mas possui muito crédito junto a torcida, mas é preciso que estes erros não se repitam mais, pois poderá colocar todo um trabalho em xeque.
Todos os ogadores se doaram e mereceram vencer o jogo. Nossa lateral direita precisa melhorar e muito e com Mika e Thiesen voltando, podemos esperar um meio de campo mais eficiente.

E para fechar a noite, nada melhor que marcar presença na Toca e rever os amigos. Juarez, Serjão, Goerge, André Tarnowsky, Gi Severo, Marrom, Antônio, Marcos Toca, todos avaianos da mais alta estirpe. Um abração para todos vocês.

Terça-feira tem mais. Estamos a um "criciúma" do G4.






quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Até quando Cléber Santana tem que negar a saída do Avaí?

Cléber Santana, em entrevista ao DC, clique aqui, após a vitória avaiana em Campinas, confirmou pela enésima vez que cumprirá o contrato com o Avaí e não descartou a possibilidade de continuar em 2013, dependendo da situação do clube no ano que vem.
Então, mentecaptos e vendidos, que rezam para que o atual ídolo avaiano deixe o torcedor do Leão na mão, tirem os seus cavalinhos da chuva, pois Cléber Santana fica. E fica porque sabe que na Ressacada ele é ídolo, porque Floripa é um lugar excelente para viver e porque sua família está feliz aqui.

Vitória avaiana no campeão brasileiro de 78.


Foto: Leandro Ferreira/AAN


Zenon que o diga, o Avaí foi a Campinas e conquistou 3 pontos em cima do campeão brasileiro de 78 e cheio de desfalques e jogando um futebol ruim, embora o Avaí marcou bem e dificultou ao máximo o jogo do time bugrino. Ser campeão brasileiro não é para qualquer um, que o diga um certo time barbie do continente florianopolitano...
Precisávamos de uma vitória fora de casa, e veio em boa hora. Estamos firmes na briga mas precisamos qualificar o elenco. O Avaí jogou bem até o segundo gol, depois tentou fazer o terceiro nos contra-ataques. O Guarani tentou alguma coisa de forma desorganizada depois do segundo gol tomado, mas ficou por isto mesmo.
Não precisaríamos do gol de penalti, que foi polêmico, mas bota na conta do monte de "cagadas" de árbitros caseiros contra o Avaí neste campeonato.
Treinador e atletas estão de parabéns, o objetivo foi alcançado e ficamos a 6 pontos do G4. Entretanto é evidente que precisamos reforçar. Jogar com DO, Thiesen e Bruno no meio é uma lástima, do ponto de vista da criatividade.
Alan e Wagner Diniz cumpriram seus papéis como lateral recuado, assim com fez Julinho pela esquerda.
Felipe Alves continua marcando seus gols (continue assim), e Laércio, apesar de fazer alguma coisa no jogo, não consegue me convencer de que é uma peça fundamental no ataque. Precisamos contratação para esta posição.
Sexta-feira é jogo para vencer e a torcida comparecer em peso. O time avaiano precisa do respaldo e do apoio do torcedor azurra para continuar na luta pelo acesso. Sexta-feira todos nós estamos convocados, aliás intimados, para estar na Ressacada.
Até lá.


domingo, 12 de agosto de 2012

Dia dos pais.



Nós do Avainet desejamos a todos os pais um grande e feliz dia. Parabéns.

sábado, 11 de agosto de 2012

Parabéns às meninas de ouro.

Vôlei, Brasil e Eua (Foto: Agência Getty Images)

Fonte: globoesporte.com - http://globoesporte.globo.com/olimpiadas/noticia/2012/08/brasil-renasce-apos-o-primeiro-set-domina-americanas-e-e-bi-no-volei.html

O voleibol brasileiro é de primeiro mundo. Aliás, é a segunda paixão esportiva nacional. Fomos mal nos campeonatos mundiais deste ano, de ambos gêneros, mas no voleibol feminino, por enquanto, conquistamos o ouro.
Parabéns às meninas do voleibol e da comissão técnica. Nos propiciaram uma tarde fantástica, enchendo de orgulho a nação brasileira. Uma virada sobre as favoritas norte-americanas.
PARABÉNS MENINAS DE OURO. Extensivo também a todos os outros medalhistas brasileiros, que merecem o nosso respeito e gratidão.
Que amanhã o voleibol masculino repita o feito.
Grande abraço.

Medalha de prata para um futebol de lata.

Montagem, El universal e Record, Brasil e Mexico (Foto: Reprodução)

Mais uma vez a seleção brasileira !?! deixou de ganhar um ouro olímpico. A imprensa esportiva noticia "Brasil conquista a prata no futebol", quando deveria escrever "Brasil perde o ouro". E por que não conquistamos o ouro? Simples, porque na seleção, incluindo toda a comissão técnica, não se deu o devido respeito e precaução com o adversário. Só enfrentaram times fracos, tiveram o caminho facilitado. E quando  enfrentam um adversário que joga alguma coisa, ficam apostando no talento individual do jogador brasileiro,  torcendo para que Neymar drible uns 5 e faça o gol, ou o Hulk acerte um petardo do meio de campo na gaveta. Os mexicanos estudaram o time brasileiro, marcaram em cima e levaram o ouro.
E para ajudar, um tal de rafael , destaque nas competições .......???,  achou que estava numa brincadeira de quintal de casa de praia e quis fazer o que não sabe e deu no que deu. Ainda bem que o zagueiro Juan (Ruan, sei lá) deu uma tremenda bronca no palhaço, que além da besteira que fez no início do jogo, quis meter passe de letra no momento em que o Brasil perdia de 2 a 0. Os mexicanos agradeceram.
O que mais me assusta é saber que esta seleção é a base da equipe que representará o Brasil na próxima Copa do Mundo. Lamentável. Inclusive se continuar com este técnico fraco.
Enquanto nos outros países há evolução no futebol, ou pelo menos a preocupação com tal, no Brasil ficamos aplaudindo "passistas de samba" jogando nos gramados. Para quem viu a final olímpica do futebol, eu pelo menos vi, alguns jogadores  brasileiros ficaram sambando em cima da bola enquanto outros corriam em vão, virando opção de passe inutilmente. 
Enquanto o futebol brasileiro ficar nesta mesmice, achando que a medalha será dada pela boa apresentação, como é feito na ginástica artística, amargaremos desclassificações e posição com 2 dígitos no ranking da FIFA.
Uma medalha de prata para um futebol de lata.
Grande abraço.

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Estatísticas do Leão.







Confira alguns dados das estatísticas do Avaí no brasileiro em 2012, de acordo com o site www.ogol.com.br :

Melhor ataque : O Avaí é o 13o em gols marcados com 19. O cri-cri tem 37. Finalizamos muito e fazemos pouco. Melhoraremos.

Melhor defesa: O Avaí tem a 6a melhor defesa com 18 gols sofridos. O São Caetano é o melhor com 11 gols sofridos. O azulão genérico sem torcida não aguentará por muito tempo. Superaremo-os.

Número de vitórias: Somos o 8o em número de vitórias, temos 7. O cri-cri, obviamente e temporariamente, é o 1o com 11 vitórias. Ultrapassaremo-os.






quinta-feira, 9 de agosto de 2012

89 anos do Maior, Melhor e Mais Vezes Campeão de SC

Antes de mais nada, quero parabenizar a programação de aniversário do Avaí. Repleta de atrações. Entretanto tenho uma sugestão, como dia 1o de Setembro teremos telão com o jogo e é um sábado, por que depois do jogo não rola um show do Dazaranha e do Gente da Terra e/ou outros? Oportunidade para muitos da ilha conhecerem alguns dos nossos valores musicais.

PROGRAMAÇÃO DOS 89 ANOS DO AVAÍ



9 agosto 2012
O Avaí Futebol Clube, fundado em 1º de setembro de 1923, comemora em 2012 89 anos de glórias e títulos. E para festejar as conquistas ao longo da história, o clube mais vezes campeão de Santa Catarina, e de maior torcida no Estado, promoverá uma série de atividades na Ressacada.
Tudo começa no dia 27 de agosto com a 7ª Campanha Sangue Azul, no Hemosc. Em parceria com o site www.souavaiano.com.br, o Avaí convoca os torcedores para doar sangue em prol das pessoas necessitadas. A campanha vai até o dia 31.
No dia 28 de agosto, a partir das 10h, haverá uma exposição no Beiramar Shopping das camisas dos municípios catarinenses homenageados pelo Avaí desde o início da série.
À noite, na partida contra o Boa Esporte, os torcedores que forem à Ressacada verão uma grande homenagem aos municípios catarinenses que já foram reverenciados pelo clube no uniforme de goleiro.
CALÇADA DA FAMA NO DIA 31
No dia 31 de agosto, a programação segue com muitos atrativos. Haverá a abertura da Copa WOA Avaí, a tradicional Sessão Solene do Conselho Deliberativo, a apresentação dos cônsules do clube, uma homenagem aos patrocinadores, o lançamento da miniatura da Ressacada e o lançamento do aplicativo do Avaí para iPhone.
A noite festiva ficará completa com a Calçada da Fama, que eterniza os pés dos craques do passado, e com o lançamento de mais um livro que retrata a história do Leão da Ilha.
Entrarão para a Calçada da Fama os ex-atletas Belmonte e Jacaré. Já o livro “O Football na Ilha e a Fundação do Avahy Football Club” estará à disposição do público, juntamente com o autor André Luiz Rosa, para uma sessão de autógrafos.
MUITAS ATRAÇÕES NO DIA 1º DE SETEMBRO NA RESSACADA
No sábado, dia 1º de setembro, o grande dia. As festividades começam com a alvorada de fogos, o momento de fé e o café da manhã entre os funcionários. Em seguida, a Ressacada se transforma em um palco de muitas atrações.
Nos campos do Centro de Formação de Atletas (CFA), a Copa WOA Avaí reunirá jovens atletas que disputarão jogos em quatro categorias. No Complexo Fair Play, acontece o torneio “Paixão Pra Toda Vida” que terá a participação de 12 equipes entre sócios e patrocinadores do clube.
No estacionamento da Ressacada, paralelo às demais atividades, acontece o “Avaí Comunidade”, evento aberto para a torcida com muito serviço, entretenimento e ações comunitárias.
JOGO DOS 89 ANOS
A partir das 11h, um momento único. Os atletas profissionais irão desafiar, no gramado da Ressacada, 89 torcedores mirins. Será uma partida institucional que irá com certeza surpreender o público presente.
No período da tarde, os torcedores poderão acompanhar o jogo São Caetano x Avaí através de um telão especial que será montado na Ressacada. A partida começa às 16h.
No domingo, dia 2, a programação segue com o encerramento da 5ª Copa WOA Avaí.
Na terça-feira, dia 4, além do jogo Avaí x América-RN, o público terá como atração uma partida preliminar do máster do Avaí contra os times finalistas do torneio “Paixão Pra Toda Vida”.
Encerramento a programação dos 89 anos do clube, os jogadores e comissão técnica farão a visita anual e tradicional às crianças do Hospital Infantil Joana de Gusmão no dia 6 de setembro.
PROGRAMAÇÃO COMPLETA:
27 de agosto (Segunda-feira)
8h - 7º Sangue Azul (Campanha de doação de sangue em parceria com site SouAvaiano.com.br até o dia 31)
28 de agosto (Terça-feira)
10h – Exposição das camisas dos municípios (Beiramar Shopping)
18h30- Homenagem a todos os municípios que já foram homenageados  na camisa do goleiro
19h30- Jogo Avaí x Boa Esporte
31 de agosto (Sexta-feira)
8h - Abertura da Copa WOA Avaí (campos do CFA)
10h - Lançamento do aplicativo do Avaí para Iphone (site e redes sociais)
18h30 - Lançamento e noite de autógrafos do livro ““O Football na Ilha e a Fundação do Avahy Football Club”” de André Luiz Rosa
19h - Apresentação dos Cônsules do Clube
19h30 - Solenidade do Conselho Deliberativo
20h30 - Calçada da Fama com Belmonte e Jacaré
21h - Homenagem aos patrocinadores
21h15 - Lançamento da Ressacada em miniatura
21h30 - Coquetel
1º de setembro (Sábado)
8h - Alvorada de fogos
8h15 - Café da manhã
8h30 - Momento de fé
8h45 - Copa WOA Avaí (continuação no CFA)
9h -  Torneio Paixão Pra Toda Vida (Fair Play)
10h -Avaí Comunidade (Evento aberto para a torcida)
11h - Jogo Avaí 89 anos (89 sócios mirins contra os atletas profissionais)
16h -  São Caetano x Avaí (Telão na Ressacada)
2 de setembro (Domingo)
9h - Encerramento da Copa WOA Avaí
4 de setembro (Terça-Feira)
18h - Avaí Máster x Finalistas do torneio “Paixão Pra Toda Vida”
19h30 - Jogo Avaí x América-RN
6 de setembro (Quinta-feira)
10h - Visita ao Hospital Infantil Joana de Gusmão (jogadores)
Ufa, programação extensa. Não percam!!!

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Avaí soberano e mais 3 pontos.





Fonte : blog do Serjão (sergionativo.blogspot.com)

Só faltou o Juarez ....

O Avaí foi soberano do jogo. Não deu espaços para o ABC e conquistou mais 3 pontos, dentro da projeção feita a algumas rodadas atrás, de fazer 10 pontos em 12 possíveis, vencendo o jogo por 3 a 1.
Este é o Avaí que o avaiano quer, aquele time que abafa o adversário, não dá chances (exceto Renato Santos...), marca em cima. Não tem como dizer se algum jogador foi mal, pois todos deram a sua contribuição.
De Diego à Felipe ALves, todos se entregaram e jogaram com muita vontade e determinação. E o resultado não poderia ser outro. Entretanto continuamos pecando nas finalizações e que, entendo eu, só se resolverá com qualificação do elenco.

Bonilha foi a grata surpresa, tocou, marcou, finalizou, enfim fez o que se espera de qualquer meia que jogue no Avaí. Não lembrou nem de longe o Bonilha do jogo contra o jec. Ainda falta-lhe entrosamento e não o vejo como o jogador para jogar ao lado do Cléber Santana, mas é inegável que alguma coisa ele sabe. Vamos aguardar.
Julinho, na minha opinião, jogou muita bola, assim como quase todo o time. Roubou bolas e tocou com objetividade quando estava defendendo, e driblou, cruzou, avançou enquanto estava no ataque. Para mim foi perfeito.

Quem está crescendo e foi merecedor de fazer o primeiro gol avaiano foi Rodrigo Thiesen. Roubou, saiu jogando com bom toque de bola e ainda finalizou a gol. Assim que Mika voltar, comporá junto com Thiesen a dupla de volantes. Acho que pelas últimas apresentações pífias de Bruno, a sua titularidade, por enquanto, não está garantida.
Felipe Alves é o nosso melhor finalizador, tem entrado no segundo tempo e resolvido algumas partidas. Ontem foi mais uma.

Onde arrumaram este árbitro que apitou ontem? Que fraco. Sei que a arbitragem no país não é das melhores, mas mesmo entre os mais ou menos, tem cara muito melhor do que este senho que soprou o apito.

Arlan e Diogo Orlando, apesar de não terem jogado mal, não reúnem as condições para serem considerados titulares de um time que tem pretensões de subir. Verdade seja dita, no desarme o Diogo Orlando me surpreendeu positivamente. E na lateral direita, aguardaremos o que Wagner Diniz tem a oferecer.
E a torcida avaiana tem que dar mais crédito para o time e o treinador. Estão lutando muito e precisam de mais incentivo. A Ressacada com 5 mil é quase vazia...

E para melhorar a noite, nada melhor que encontrar os amigos na Ressacada e na toca.
Serjão é um Amaury Jr bem melhorado da Ressacada e adjacências. O homem não é fraco, está sempre atento aos acontecimentos e divulgando-os no seu blog (sergionativo.blogspot.com.br). Para ti, Serjão, um grande abraço e Feliz Aniversário.


segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Ganhando tempo.



Se a intenção é ganhar tempo, estão conseguindo.
E o torcedor acreditando que reforços virão.
Lamentável.

domingo, 5 de agosto de 2012

O sábado prometia...

O sábado prometia.
A feijoada do Avaí começou temperando a empolgação do torcedor Avaiano. Não pude ir, mas pelo que me relataram foi mais um sucesso. Parabéns a ASSTA.
Também não pude ir ao jogo, tive de sofrer pela TV e ver o Leão levar um gol bisonho no primeiro tempo. Mas, com uma penalidade duvidosa, o Avaí chegou ao empate. Antes que algum engraçadinho diga que na Ressacada o Avaí sempre é ajudado pela arbitragem, vários jogos neste ano tivemos jogadores adversários praticando voleibol dentro da sua área e que se fossem marcados a nosso favor, muitos placares não teriam sido adversos. Não
No segundo tempo o Avaí foi dominante no jogo e fez o gol com Diogo Acosta, de cabeça. Tirando uma jogada tonta do Thiesen, que quase virou o empate do Ceará, ele fez bom jogo e realmente virou uma dor de cabeça "boa" para o nosso Hemerson Maria.

O sábado prometia.
Ontem foi aniversário de 4 anos do Lucas, e em função disto não pude ir ao jogo, mas a festa foi boa e principalmente pela vitória do Avaí.
                                                  Lucas comemorando os seus 4 anos com 
                                                  um bolo pra lá de especial, ao meu lado e 
                                                  ao lado da mamãe Elizabete. 
A série B é muito equilibrada e o Avaí está tentando se recuperar na competição, mas é notório, evidente e ficando tardio que o Avaí precisa se reforçar, principalmente no meio de campo.

E o sábado prometia...




Bom domingo.


quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Jobson no Avaí?



De acordo com o site  globoesporte.globo.com, Jobson está vindo para o Avaí. É um jogador polêmico e tem se mostrado problemático por onde passou. Tem potencial, mas será que no Avaí a história será diferente? Só pagando pra ver.

Bom empate. Mas precisa reforçar.

Hugo Harada/ Gazeta do Povo / O meia tricolor Lúcio Flávio deu o passe para o gol de empate, mas sofreu com a marcação do Avaí

Fonte : Hugo Harada / Gazeta do Povo

Podemos considerar um bom resultado. O Avaí enfrentou um adversário que vinha de 5 vitórias em casa e já contabilizava, nesta partida, como a sexta. O Avaí marcou bem, não deu muitos espaços e contou com a sorte para não levar a virada.
A falta de qualidade no time é evidente, assim como as contratações necessárias também o são, e que com reforços pontuais o Avaí pode pensar em coisa melhor neste campeonato. 11º lugar é muito pouco para um clube como o Avaí, mas normal para um elenco como o do Avaí.
Marcelo Arroz começou a falar aquilo que esperamos de um gerente de futebol, mas palavras são palavras e a ação é o que importa. Marquinhos Paraná, William e agora Luis Fernando, este último apenas cogitado, servem e muito para reforçar o elenco avaiano. Tratam-se de bons jogadores  que vão acrescentar e dar esperança de acesso a série A para o torcedor. Ah, acham que a barbie vai liberar o jogador para o maior rival, oras, Luis Fernando é do Eduardo Uram, e quem define o destino do atleta, salvo empecilhos contratuais, é o empresário. Se o clube não o aproveita no campeonato e não o inscreve em outro, é evidente que não vai contar com ele. Se ele vier para o Avaí, verá como é jogar em casa e não ser uma geladeira...